7 atitudes para ser uma pessoa melhor em 2017

 

ijpsdpodg

Devo dizer que o ano de 2016 foi um dos anos mais significativos da minha vida, cheio de descobertas, desafios e re-encontros. Foi em 2016 que descobri o meu propósito, meus objetivos de vida e quem eu realmente sou. Em 21 anos de vida eu nunca tinha parado para me conhecer, e quando o fiz me deparei com muitas coisas incríveis e algumas que preciso melhorar. Nesse post vou citar algumas atitudes que eu deveria tomar para ser alguém melhor daqui em diante. Sinta-se livre para colocá-las em prática na sua vida também!

Parar com a auto sabotagem

Eu sou a pessoa que mais me saboto na face da Terra! Me coloco para baixo, me desvalorizo, me culpo e me acho insuficiente grande parte do tempo. Mas no fundo eu sei que nada disso é real. A verdade é que sinto medo da vida, medo de que as coisas não sejam do jeito que planejei e que fujam do meu controle. E vamos combinar, essa é a graça! Achamos que temos controle sobre algo, mas não temos. É como tentar segurar a água nas mãos com toda a sua força. Ela acaba escapando pelos dedos de qualquer forma enquanto ficamos para trás com machucados que podíamos ter evitados.

Viver o agora

Pensar nos erros do passado e no futuro que talvez nem aconteça é criar um sofrimento desnecessário. Eu moro no agora, e esse é o único momento onde em tenho completa autonomia para fazer o que eu achar melhor. Estar presente é a melhor e única forma de viver plenamente.

Amar mais

Amar. Família, a mim mesma,  amigos, pessoas que eu não consigo conviver, desconhecidos, animais, plantas, objetos inanimados e qualquer coisa que possa existir. E quando eu digo amar, quero dizer sem preconceitos, sem julgamentos, sem comparação, sem apego.

Entender que as dificuldades são fundamentais

Elas que me farão evoluir. Os de dificuldades sempre vêem acompanhados de mudanças. Aceitar que dificuldades existem para todo mundo, e pra mim não vai ser diferente. Uma vez li uma frase parecida com essa: “Somos como madeira bruta. Se sempre nos acariciarmos com sedas e veludos, será muito agradável, mas não nos tornaremos mais suaves. Para nos tornarmos mais suaves, precisamos de uma lixa”. Não me recordo quem escreveu mas a sabedoria é inquestionável.

Me aceitar e não me comparar

Nada é como vemos da internet ou como as pessoas dizem ser. É preciso treino e persistência pra enxergar a realidade. Eu sou única, assim como cada pessoa nesse mundão! Meu corpo não precisa ser perfeito, eu não preciso estar sempre bem, eu não preciso da maioria das coisas materiais que são impostas, eu não preciso namorar para ser feliz, eu não preciso trabalhar na melhor empresa do mundo para me sentir bem sucedida. Eu só preciso me aceitar e entender que todos somos diferentes, mesmo que semelhantes.

Ser grata

Em todo e qualquer momento da vida. Das maiores até as menores coisas. Nos momentos ruins e nos momentos bons. Pelo que tenho e também o que não tenho. Ser grata pela vida que mora em mim e no quanto ela é maravilhosa.

Dizer mais “sim”

A palavra “não” é gritada dentro na minha cabeça a todo momento, e muitas vezes ela sai da minha boa sem nem passar por um duro questionamento interno. As oportunidades não aparecem para quem está sempre fechado, para quem vira as costas quando a vida entrega um presente. Preciso deixar o medo de lado e encarar a vida, as pessoas, os lugares e as situações porque elas são lindas e únicas do jeito que são. Sem expectativas, sem pressão. Tudo que é leve e livre é maravilhoso. É só questão de se deixar ser e florescer.

 

Imagem: We Heart It

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s